Luiz Carlos Freitag

Pílulas em Preto e Branco

26/06/2017 - Luiz Carlos Freitag

  FRASE: “Só para lembrar: acabou o Carnaval e o fim do ano está batendo em nossas portas, falta só acabar o inverno.” (Filósofo no Salão do Hermes e do Leonardo). 
 
 Não gosto do Inverno, sempre preferi o Verão. Mas no domingo, dia 18, a rápida variação da temperatura no Estado surpreendeu. Em Estrela, ao meio-dia, tínhamos uma temperatura de 27ºC e todos que vi nas ruas estavam de manga curta. Isso foi até as 14h, quando a temperatura começou a cair e às 17h já estava em 11ºC. Que coisa rápida. E de noite ficou ainda mais frio. Vamos nos preparar, porque teremos um frio de arrebentar.
 
 Na Câmara de Vereadores de Estrela houve reclamações sobre podas drásticas em árvores que ocorrem no Centro e bairros. O secretário do Meio Ambiente, Hilário Eidelwein, afirmou que não é a sua pasta que está fazendo essas podas. “Às vezes são os próprios moradores, apesar de não ser permitido.” E acrescentou que a RGE Energia “deixa tudo no chão e as árvores destroçadas.” E que a secretaria, na maioria das vezes, tem que fazer reparos para “salvar” as árvores.
 
O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) de Estrela, Rogério Heemann, comentou sobre o Dia do Colono e Motorista, em 25 de julho. a festa será no mesmo sistema das edições anteriores e será repetida a participação do Grupo da Terceira Idade, como no ano passado. O desfile começa às 9h, mas a concentração vai iniciar uma hora antes. A Secretaria da Educação prepara cartazes para o desfile. 
      
Segundo Heemann, o desfile vai começar na Avenida dos Estados, seguindo por ruas centrais até o Parque Princesa do Vale. No local, padre e pastor farão a bênção dos participantes. Às 12h haverá almoço no Centro Comunitário Cristo Rei, seguindo com discursos e a entrega dos troféus Frontino Caye, que foi o primeiro presidente do STR. Serão sete agraciados, entre eles,  produtores de suínos, leite e aves, agroindústrias, jovens, aposentados e motoristas. E à tarde terá baile.
 
A Secretaria de Obras Públicas, comandada por Cristiano Nogueira da Rosa, está resolvendo um grande problema no Centro de Estrela. Houve a quebra de canos na Praça Henrique Roolart, sob o prédio da Feira do Produtor, e a pasta está fazendo uma rede alternativa (foto). São 85 canos novos de 80 centímetros cada - antes eram de 60 - ao custo de R$ 115 cada um. O investimento total será de R$ 50 mil, pois tem outras despesas. Se o tempo ajudar, a obra acaba em duas semanas.
Por outro lado, Nogueira afirmou estar muito satisfeito com a conclusão da instalação de novos canos na Rua Alfredo M. Arenhardt, no Bairro dos Estados. Agora, só falta a colocação do asfalto. No local, quando havia enxurradas e enchentes, várias casas ficavam alagadas. Com a obra, com canos novos e maiores, isso não deve mais acontecer. Aliás, o secretário está recebendo muitos elogios pelo trabalho de sua equipe.
 
O secretário do Meio Ambiente, Hilário Eidelwein, continua irritado com a Corsan. Disse que é um absurdo as atitudes do órgão e comentou que sua secretaria dá licenciamento para novos loteamentos, tudo dentro da lei, mas a Corsan rejeita. “Ela não aceita o que está na lei. Querem fazer esgoto sem rede obrigatória e nem fazer rede em lugar nenhum”, criticou. 
 
O prefeito Rafael Mallmann disse que as últimas chuvas estragaram a canalização de várias ruas e estradas do interior. Agora, a equipe  de obras trabalha para arrumar os danos. “Em 30 dias tudo deverá estar recuperado, se o tempo permitir”, projetou.  
 


Leia Também

Coluna do Luca

14/10/2017

Coluna do Luca

09/10/2017