Mais de R$ 1 milhão em emendas

Mais de R$ 1 milhão em emendas

ESTRELA – Na sessão de segunda-feira da Câmara de Vereadores de Estrela foi destacada a conquista de emendas parlamentares para a saúde, totalizando R$ 1,175 milhão (leia quadro). O presidente do Legislativo, João Braun (PP), disse que solicitou informações à Secretaria de Saúde sobre o uso dos recursos. “Estamos falando de mais de R$ 1 milhão, somados a quase R$ 900 mil que o Ministério da Saúde destinou ao município, mais os recursos que o prefeito tem destinado ao combate à pandemia. São realmente valores muito expressivos e a nossa função é legislar, analisar os projetos e fazer um acompanhamento dos gastos públicos.” 

Valores:

– José Alves (Republicanos) e Élio Kunzler (PV): R$ 200 mil do deputado federal Maurício Dziedricki (PTB)
– Felipe Schossler (PTB): R$ 200 mil do deputado federal Ronaldo Nogueira (PTB)
– Márcio Mallmann (PP): R$ 125 mil do deputado federal Afonso Hamm (PP)
– Ernani de Castro (MDB): R$ 200 mil do deputado federal Giovani Feltes (MDB)
– Débora Martins (Republicanos): R$ 100 mil do deputado federal Carlos Gomes (Republicanos)
– João Braun (PP): R$ 250 mil do deputado federal Jerônimo Goergen (PP) e R$ 100 mil do senador Luis Carlos Heinze (PP).
Total: R$ 1.175 milhão

Com a palavra, os vereadores: 

Débora Martins (Republicanos): destacou o Dia do Trabalhador. “Muitos trabalhadores não têm o que comemorar. É preocupante a questão da economia, mas, acima de tudo, precisamos preservar as vidas.” Destacou a homenagem aos trabalhadores da saúde (veja na página 7). “Um vídeo emocionante, mas muitos trabalham sem receber insalubridade.”
– Ernani de Castro (MDB): destacou a limpeza na Avenida Guilherme Siepmann, no Bairro Pinheiros. “Algumas valas tinham ficado com sujeira, a gente cobrou do engenheiro responsável e hoje a empresa trabalhou na limpeza.”
– Márcio Mallmann (PP): demonstrou preocupação com a situação dos frigoríficos. “Se o frango fica um dia a mais na granja já não tem mercado de exportação. Com certeza a vida é o bem mais precioso que temos, mas por outro lado também se caminha para um situação difícil.”
– José Alves (Republicanos): disse que nunca viu um momento tão complicado. “Muitas pessoas não estão acreditando no que a imprensa está falando e isso é muito triste. Há muitas fake news, mas tem gente que diz que não vai usar máscara porque acha que é história.”
– Élio Kunzler (PV): “as pessoas necessitam de cestas básicas. Faço um pedido especial a todos os prefeitos”. Salientou que o setor calçadista já apresenta demissões e que isso é preocupante.
– Marco Wermann (PV): vai sugerir ao Executivo que redirecione o valor da merenda escolar das escolas municipais para entrega de cestas básicas aos alunos.

Deixe uma resposta